ao.llcitycouncil.org
Ciência

Um minúsculo morcego desafiou a natureza para se tornar o voador mais rápido do mundo

Um minúsculo morcego desafiou a natureza para se tornar o voador mais rápido do mundo


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.


Mamíferos, animem-se! O morcego de cauda livre brasileiro acaba de estabelecer um recorde de velocidade de voo horizontal, vencendo as aves do mundo.

[Imagem cortesia de Instituto Max Planck]

(O registro antigo é para os pássaros, literalmente.)

O recorde anterior, mantido pelo andorinhão comum, tinha velocidade máxima de 110 km por hora (68 mph) e podia ficar no céu por 10 meses seguidos.

Pesquisadores do Instituto Max Planck de Orintologia descobriram que os morcegos de cauda livre brasileiros, pesando apenas 12 gramas (meia onça), podem voar a velocidades máximas de 99 mph.

"Inicialmente, mal podíamos acreditar em nossos dados, mas eles estavam corretos: às vezes, as morcegos fêmeas, que pesavam entre 11 e 12 gramas, voavam a velocidades de mais de 160 quilômetros por hora [99 mph] - um novo recorde para o voo horizontal ", disse o membro da equipe Kamran Safi ao Instituto Max Planck.

A equipe disse que a capacidade do morcego de voar vem de sua estrutura incrivelmente leve e asas mais longas. Mas ainda existem muitos mistérios que cercam as pequenas criaturas. A equipe teorizou que a "forma aerodinâmica do corpo semelhante a um projétil" e o baixo peso do morcego tinham um grande papel a desempenhar.

Até mesmo cronometrar suas velocidades representava um grande desafio. A equipe usou transmissores de rádio de meio grama para um punhado de morcegos. Os transmissores se desconectaram por conta própria após alguns dias.

A equipe então usou receptores móveis em uma aeronave para documentar as velocidades.

"Não foi fácil para o piloto seguir os animais que voavam rapidamente para que pudéssemos localizá-los com precisão e medir sua trajetória de vôo continuamente", disse a integrante da equipe Dina Dechmann.

A equipe também descartou o vento como qualquer tipo de auxílio aos velozes.

“Fatores externos como paisagem e ventos de cauda não podem explicar esses resultados, pois não tiveram impacto nas velocidades máximas”, explicou Dechmann.

[Imagem cortesia de USFW / Wikimedia]

Os morcegos de cauda livre brasileiros, também conhecidos como morcegos de cauda livre mexicanos, podem ser encontrados em qualquer lugar do oeste dos Estados Unidos até partes da Argentina. A maior colônia conhecida pode ser encontrada em Bracken Cave, ao norte de San Antonio, Texas. Abriga quase 20 milhões de morcegos.

VEJA TAMBÉM: Cocô Mumificado Revela a Dieta de Animais Antigos

Você pode ler todo o trabalho da equipe em The Royal Society.

Via Max Planck Institute, The Royal Society


Assista o vídeo: O INCRÍVEL MORCEGO GIGANTE


Comentários:

  1. Janyl

    mensagem muito engraçada

  2. Ogelsby

    Espero que você tivesse a decisão correta.

  3. Layne

    Não posso participar agora da discussão - está muito ocupado. Voltarei - vou necessariamente expressar a opinião.

  4. Robert

    Nos vemos no site!

  5. Berne

    Existem muitas mais opções



Escreve uma mensagem